Amor-próprio 2


Não se pode confundir amor-próprio com vaidade.
O amor-próprio não está relacionado à beleza física. Nada tem a ver com ficarmos nos admirando frente ao espelho.
Amar a si mesmo é aceitar como se é, mas também procurar melhorar sempre.
O amor-próprio faz com que busquemos ser pessoas maiores, mais realizadas, plenas e tranquilas.
Amar a si mesmo não é achar-se melhor que os outros. Amor próprio não é arrogância. É, apenas, paz de espírito, graças à qual assumimos nosso próprio eu, sem competições ou comparações mesquinhas com os outros.

Comente!

2 pensamentos em “Amor-próprio