Diálogos Impossíveis 1


Peço licença — e perdão — a Luis Fernando Veríssimo para intitular meu post com o nome de seu livro, mas não encontrei expressão melhor no momento.

“Diálogos Impossíveis”

Que frase melhor para descrever aqueles incontáveis discursos que ensaiei em frente ao espelho, mas nunca proferi?

Quantas vezes participei, mentalmente, de conversas que jamais existirão?

Quantas situações cuidadosamente imaginadas jamais se concretizarão?

E todos aqueles detalhes que eu consegui até visualizar… e ficarão apenas no pensamento?

E quanto a todas as cenas minuciosamente idealizadas?

Será que, por fim, só resta a todo esse misto de sonho e esperança permanecer para sempre esquecido em meus devaneios mais remotos?

*Para ler ouvindo Engenheiros do Hawaii – Vida Real

 


Comente!

Um pensamento em “Diálogos Impossíveis